22 novembro 2013

Qual a idade certa pra casar?





Eu casei aos 21 anos de idade, e lhes digo que compartilhar da vida a dois não é tarefa fácil, mas é maravilhoso. Não acredito que exista idade certa pra casar, mas tem alguns pontos a considerar...


Mas se você está com 30 e começou a surtar porque todas as suas amigas estão se casando, muita calma nessa hora. 
Há algumas questões interessantes que podem ajudar na sua reflexão: essa pessoa "ideal" que eu tanto busco existe só na minha imaginação? 
Ou, em outras palavras: o seu par perfeito pode existir mesmo ou será que não é hora de parar e reavaliar as suas exigências? 
Você é do sexo feminino e deseja ter filhos?
 Mulheres que estão chegando aos 40 anos e começam a ficar inquietas pensando nessa história do relógio biológico podem ter seus critérios de seleção alterados por causa disso.
Com que freqüência você tem a oportunidade de conhecer gente solteira? Se isso só acontece uma vez a cada dez anos, é natural que pense em arrastar para o altar a primeira pessoa disponível que aparecer à sua frente.
 E, por fim, procure determinar o que é mais importante para você: química e uma ligação espiritual e emocional intensa ou compatibilidade, companheirismo e respeito pela instituição do casamento? Se for a primeira opção, se ajeitar com qualquer coisa que não esteja à altura não vai trazer felicidade de qualquer maneira. Pessoas que valorizam mais o segundo modelo têm mais chances de ser feliz tomando uma decisão assim.
Todos os estudos sobre o namoro chegam à conclusão de que os casamentos precoces não são tão estáveis quanto os realizados entre pessoas mais amadurecidas. Estimativas indicam que, nos Estados Unidos, mais de 30 mil adolescentes entre 1’2 e 15 anos de idade de casam, a cada ano. A possibilidade de divórcios entre os adolescentes é duas vezes maior que entre o restante da população. Mais da metade de todos os matrimônios é realizada entre adolescentes. Em aproximadamente 50% dos casamentos de adolescentes, a noiva está grávida. As jovens que não estão grávidas por ocasião do casamento, normalmente engravidam logo depois. Os maridos adolescentes encontram dificuldade em manter uma família, devido aos limitados rendimentos em virtude de sua falta de experiência e educação. Os adolescentes que abandonam os estudos para se casar, raramente voltam. Some todos esses fatores e verá que 60% de todos os casamentos entre adolescentes terminam em divórcio.
Então, qual é a idade ideal para o casamento? Parece que o sucesso está mais assegurado para mulheres que se casam aos 22 anos, e para homens que se casam aos 24. Os noivos abaixo de 24 anos costumam ser instáveis, e a porcentagem de casamentos malsucedidos, quando o noivo tem 19 anos ou menos, é muito elevada. É muito alto o índice de divórcios entre casais que contraem núpcias dos 18 aos 23 anos de idade. Os casais de 25 anos de idade ou mais têm uma chance de sucesso de mais de setenta por cento. E, de acordo com a psicóloga Joyce Brothers, os casais mais felizes são os que contraem matrimônio depois dos 28 anos de idade.
Em matrimônios precoces, é comum que um dos parceiros perca o interesse pelo outro. A pessoa por quem você está apaixonado aos 18 anos pode não ser a mesma por quem esteja apaixonado aos 21. Mudança de personalidade e valores complicam também o caso. Um casal que está junto há anos pode mudar drasticamente sua maneira de pensar e sua atitude para com a vida, durante o crítico processo de amadurecimento. A falta de um salário adequado pode também ser a causa de grandes problemas.
O melhor seria que ambos tivessem a mesma idade ou que o rapaz fosse dois ou três anos mais velho. Caso a mulher seja ligeiramente mais velha, não haverá maiores problemas a não ser que um ou outro seja especialmente sensível quanto ao fato.
À medida que as pessoas vão envelhecendo, as diferenças de idade tornam-se menos importantes. Entretanto, se por ocasião do casamento um dos dois é de oito a dez anos mais velho, seria bom que se pensasse cuidadosamente nos problemas que poderão surgir. Por exemplo: atividades físicas podem variar; pode haver uma diferença de interesses, sendo que a pessoa mais jovem pode querer sair com mais frequência; e as atitudes para com a vida podem ser diferentes, porque uma pessoa jovem, normalmente, pensa na vida como algo muito mais simples do que é na realidade.
Uma moça pode na verdade casar-se com um homem mais velho pelo fato de querer um substituto para o pai ou por achar que aquela é sua única chance de se casar. O relacionamento pode, então, assumir um caráter de paternalismo (ou de maternalismo quando a esposa é mais velha).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, deixe aqui sua opinião sincera! Respondo todos os comentários e retribuo todas as visitas!!! Beijos e fique com Deus!

Copyright Text