16 outubro 2013

Importância do vínculo entre o pai e o bebê

Nós sabemos que a relação da mãe com o bebê é extremamente forte. Basta o bebê ouvir a voz dela para se tranquilizar num momento de estresse, parece até mágica! A relação é mesmo muito intensa e, para o bebê, ele e a mãe são uma única pessoa.
E onde o pai entra nessa? É ele quem ajuda o bebê a se desprender da mãe e assim se desenvolver de forma emocionalmente sadia. A presença constante do pai, tocando o bebê, conversando e cuidando dele é super importante para que a criança possa se ver como um indivíduo único.
Mas não é só depois do nascimento que os pais podem entrar em ação. Eles devem participar desde o começo, "engravidando" junto com a esposa. Isso significa acompanhar as consultas do pré-natal, planejar o parto, conversar e tocar a barriga. Essa comunicação desde cedo ajuda na criação do vínculo, pois o feto retém memórias intrauterinas. É lindo de ver como o bebê reage à voz do pai após o nascimento. E essa relação poderá ser estreitada pelo pai através dos cuidados com os filhos, estando próximo da criança.
Fonte: www.personare.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, deixe aqui sua opinião sincera! Respondo todos os comentários e retribuo todas as visitas!!! Beijos e fique com Deus!

Copyright Text