24 outubro 2013

Como não Amar... Vô e Vó!!!

Não importa como você os chama... Vô, Vó, Vovô, Vovó, Mainha, Vozinha, Vozinho...
O que eu não tenho dúvida é a importância que esses "velhinhos" têm em nossas vidas,
eu fui morar com meus avós maternos dos 5 aos 18 anos de idade
 e tudo que eu sou devo a eles,
e não é nenhum clichê, eu os amo incondicionalmente,
eles são exemplos de honestidade, caráter, respeito e todas as boas qualidades 
que tornam as pessoas
dignas de amor e admiração.
Eles me deram todo amor e cuidado que eu precisava, e eu vou ser eternamente agradecida a eles e a Deus por ter colocado eles na minha vida!!!
Dona Francisca e seu José, meus heróis!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, deixe aqui sua opinião sincera! Respondo todos os comentários e retribuo todas as visitas!!! Beijos e fique com Deus!

Copyright Text