24 outubro 2013

A vida no campo


Domingo despertei cedo pra viver.


Os pássaros me acordaram
Para ver o amanhecer,
Que eles prepararam.
Admirada com uma borboleta,
Peguei logo a caneta
E comecei a escrever,
Sem saber direito o quê.
Eu procuro um sentido,
A mocinha quer um marido
A vizinha na janela,
Uma missa na capela
Cavalos soltos na pastagem;
Deito na rede, admiro a paisagem
Depois um banho na cachoeira;
 Á noite a festa ao redor da fogueira
Ouvindo moda de viola, os meninos jogando bola
Estrelas no véu da madrugada,
Os galos anunciando a alvorada
E na minha cama ao deitar, fecho os olhos pra orar
E minha terra abençoar, pro alimento nunca faltar.
O sol já vem raiando, essa é a vida no campo
Levanto me espreguiçando, pra começar mais um dia
Leite e frutas têm na mesa, é tanta alegria
No meio dessa beleza, que falo de verdade

Aqui encontro a felicidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, deixe aqui sua opinião sincera! Respondo todos os comentários e retribuo todas as visitas!!! Beijos e fique com Deus!

Copyright Text